Miller House

Um ícone da arquitetura, a Miller House se mostra como um projeto original, mesmo depois de 50 anos de sua construção. A casa conta com muitos detalhes e interessante escolhas de cores de cada ambiente, móveis com baixo custo de fabricação, mas que dispostos de forma original, definiram com leveza os ambientes.

A projeto foi idealizado por Eeros Saarinen, para Irwin Miller, da família que fundou a empresa Cummings, que existe até hoje e produz peças para automóveis. A história que se conhece é que um dia Irwin se deu conta de que a prefeitura de sua cidade, Columbus/Indiana, projetava e construia prédios que não atendiam as necessidades da população, por serem mal feitos. Naquela  época, fazer projetos com arquitetos renomados tinha um custo muito alto, então, ele propôs o seguintes prefeitura: pago e trago 5 projetos para o próximo empreendimento, vocês escolhem e implementam. Logo a cidade se encheu de escolas e hospitais desenhados pelos maiores nomes da arquitetura daquela época: Eliel Saarinen, I.M. Pei, Kevin Roche, Richard Meier, Harry Weese, César Pelli, Gunnar Birkerts.

A Miller House, de estilo modernista, foi doada após a morte de Irwin (em 2004), ao Museu de Arte de Indianápolis. Seu interior foi idealizado por Alexander Girard e o paisagismo por Dan Kiley.

Confira no final do post, móveis modernistas alinhados com este projeto.

miller_house_blog_galatea_casa_01

miller_house_blog_galatea_casa_18

miller_house_blog_galatea_casa_02

miller_house_blog_galatea_casa_03

miller_house_blog_galatea_casa

miller_house_blog_galatea_casa_04

miller_house_blog_galatea_casa_05

miller_house_blog_galatea_casa_06

A família Miller posando para a foto na sala de estar, em 1961.

miller_house_blog_galatea_casa_07

miller_house_blog_galatea_casa_08

miller_house_blog_galatea_casa_09

miller_house_blog_galatea_casa_10

Atenção para a bela lareira redonda que desce do teto.

miller_house_blog_galatea_casa_11

miller_house_blog_galatea_casa_12

miller_house_blog_galatea_casa_13

miller_house_blog_galatea_casa_14

miller_house_blog_galatea_casa_15

Visão da cozinha e seu belo balcão. Reparem na composição das cores e no móvel sobre o balcão.

miller_house_blog_galatea_casa_16

miller_house_blog_galatea_casa_17

Vista desde a sala de TV, temos a impressão de que o jardim faz parte da sala, graças à janela de correr sem esquadria aparente. Artifício muito utilizado pelo Marcio Kogan nos dias de hoje, 55 anos depois.

miller_house_blog_galatea_casa_19

miller_house_blog_galatea_casa_20

J. Irwin Miller, 1967

miller_house_blog_galatea_casa_21

miller_house_blog_galatea_casa_22

Mesmo em um ambiente aberto sem divisórias, a sala de visita ganha aconchego ao estar em desnível em relação ao restante do salão.

miller_house_blog_galatea_casa_23

miller_house_blog_galatea_casa_24

miller_house_blog_galatea_casa_25

miller_house_blog_galatea_casa_26

miller_house_blog_galatea_casa_27

miller_house_blog_galatea_casa_28

Sofá Brick 3 lugares, tom pérola. Linhas retas, desenho modernista.

Sofá Brick 3 lugares, tom pérola. Linhas retas, desenho modernista.

Mesa Kepler. Estrutura em inox, tampo de vidro e outro em freijó.

Mesa Kepler. Estrutura em inox, tampo de vidro e outro em freijó.

 

banner_blog-site

Acesse o site da Galatea Casa!